over

Dizem que as melhores coisas são as que acabam mais depressa. Não acredito. Não acredito, mesmo. A duração das coisas nada tem a ver com o facto de elas serem boas ou más. Mas isto sou só eu a dizer, whatever.
Eu não sei muito sobre "coisas". Nada, para ser sincera. Não sou muito dada a filosofias e odeio profundamente discutir o tempo e "como tudo passa rápido". 
Contudo a minha depressão psicológica inata faz-me constantemente contrariar-me. Então, aqui estou eu, dias a fio, a vegetar mentalmente sobre todas as coisas na minha vida que estão a chegar ao fim. É aquela coisa da nostalgia de infância do Pessoa, sendo que neste caso é nostalgia da infância ainda na infância. Eu sei, são raras as vezes, mas também sofro por antecipação. 
O problema é que está tudo a acontecer ao mesmo tempo e o meu pequenino cérebro não consegue dar, sem perder a sanidade, conta de tudo. Acabou o ano, o 12º ano. Acabou a minha vida repartida entre Felgueiras e Guimarães. Acabou o secundário. 
E acabou a relação com o amor da minha vida: o conservatório.
Eu não estou a conseguir dar conta do recado.
Acabou. Após 12 anos, DOZE ANOS, a percorrer aqueles corredores como se fossem as linhas da minha mão. Após 144 meses a respirar em uníssono com aquele piano. Acabou. (E acabaram aqui a conclusões, senão volta o rio à minha face!)


7 comentários:

  1. Depois de tantos anos deixar a nossa escola, onde passamos grande parte dos nosso tempo, deve ser minimamente estranho. Felizmente, a minha hora ainda não chegou.

    ResponderEliminar
  2. aquilo que estás a passar, deve ser mesmo mau.
    são o melhor, mesmo. obrigada!*

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito do teu blog e já segui. Visita o meu e se gostares és livre de me seguir de volta. :)
    P.S: amei "i'm trying to be the person my dog thinks i am." xD

    ResponderEliminar
  4. Está bastante real mesmo :)
    Nem me quero imaginar quando chegar a minha vez! :)

    ResponderEliminar
  5. eu nem quero imaginar como te estás a sentir... força! por vezes as grandes mudanças na nossa vida são tudo ;)
    r: digo-te, e adorei o concerto dele. foi o meu primeiro concerto e foi tão bonito ver as pessoas a cantarem numa só voz músicas que todo o país conhece :') senti-me noutra dimensão durante uma hora e meia :)

    ResponderEliminar
  6. Não tens de quê, e desculpa a minha demora a responder, tem sido difícil :s
    não tem necessariamente que acabar. é apenas o começo de uma nova fase, e cabe a ti torná-la o melhor possível ;)

    ResponderEliminar
  7. hum, então foste uma das que não conseguiu fazer no dia 17...
    acredito que sim, mas essa nostalgia também é positiva :)

    ResponderEliminar