simples

simples, simples, simples. por favor, tudo o que eu quero é algo simples. 
eu não me dou com textos pretensiosos, definições de amizade e frases sem contexto. eu não preciso que me definam nada. eu não preciso que digam o que se está a passar. eu só preciso que estejam lá. de modo, simples, mas presente.
não! eu não sou como todas as outras. eu fico constrangida. eu sou frágil e levo palavras a peito. prefiro um gesto, a mil palavras. prefiro um amigo, a mil amores. e tudo o que eu preciso agora é de amigos. nada mais! e eu estou a sentir-me sufocada com o mais.
preciso que percebam! que percebam que tudo muda e eu não sei aceitar mudanças exteriores. eu sou aquela pessoa que podia passar cada dia numa cidade diferente e ser, assim, feliz comigo mesma; mas seria esmagada de medo e temores se a cidade à minha volta mudasse. uma atitude egocêntrica? talvez. apesar de me achar demasiado pequena para caber em mim qualquer tipo de amor próprio.
eu não sou assim: não sou de exibições nem de grandes afetos. porque não acredito nisso. para mim apenas os simples são importantes. apenas os simples existem!

4 comentários:

  1. sê tu mesma, e feliz!! ;)
    pois mesmo cada coisa simples, mesmo sendo pequena, pode conter muita alegria ;)

    ResponderEliminar
  2. porque nunca sei bem o que dizer...tenho medo de cair na repetição, mas eu sinto tanto que mal consigo expressar em meras palavras.

    ResponderEliminar
  3. ai eu também! mumford é amazing x)
    a foto deste post está muito fixe ;)

    ResponderEliminar