VI-VER


Se viver é isto:
Sofrer e fazer sofrer, esquecer e ser esquecido.
Perder e cair, recordar e de, todas as vezes, chorar.
Procurar novos limites porque o céu parece demasiado distante.
Não sonhar por haver medo de acordar.
Desejar não ter visto, não ter ouvido e viver com o arrependimento constante.
Odiar o superior e desprezar o inferior, sem olhar para o nosso próprio estado.
Ser levado ao limite para provar algo irreal.
Criar ilusões de uma realidade que não nos pertence, para não ter que enfrentar a nossa própria verdade.
Estar rodeado de amigos desconhecidos e de estranhos que queremos conhecer.
Enfrentar chamas, trepar montanhas, atravessar mares para no fim o orgulho acabar por vencer e dominar a nossa vida.
Desaparecer de todas as formas psicologicamente possíveis para enfim, morrer sozinho fisicamente.
E depois de tanto arrebatamento, perdas, falhas e quedas, abraçar a realidade de forma desesperada porque nada mais existe.


Se viver é isto: olhem, não tenho jeito para viver.

2 comentários: