...


Há quem diga: grandes expetativas, grandes desilusões! E ninguém é capaz de negar a veracidade desta frase, por muito que nos custa admitir. Mas há quem se lembre de perguntar: mas e quando vale a pena? Quando nos esforçamos e nos testamos a nós próprios? Não se justificará aí criar expectativas, idealizar o sucesso? Lutamos, assim nós teremos o direito de sonhar tão alto quanto o nosso trabalho? Mesmo remando contra a maré, não será legitimo alimentar a vontade de chegar a terra?
Eu acredito que sim. Acredito que é a expetativa que nos move, que nos faz sair do sítio e lutar com mais força. É o que nos dá alento e coragem para enfrentar o que vier. E, acima de tudo, acho que é a expetativa que nos faz continuar e nos impede de darmos a batalha como perdida. 
Se for para cair, caímos. E apesar das pessoas se conformaram com o típico “pelo menos tentamos”, há muito mais do que isso. 
Persiste a lembrança: “Cair é permitido. Levantar é obrigatório.”

10 comentários:

  1. eu já exprimentei imensos, mas não gostei de me ver com nenhum :|

    ResponderEliminar
  2. é bom saber que alguém entende be s:

    ResponderEliminar
  3. então acho que vou continuar a exprimentar mais modelos :3

    ResponderEliminar
  4. Hum... Não tenho essa música :b
    Muito obrigada :)

    ResponderEliminar
  5. Hum... Não tenho essa música :b
    Muito obrigada :)

    ResponderEliminar
  6. lindo completamente. A última frase descreve como nos devemos levantar em qualquer situação, sempre.

    ResponderEliminar